Durante a gravidez, uma mulher saudável pode praticar actividade física (até ao ultimo trimestre), desde que já tenha praticado antes com regularidade


A mulher grávida é uma pessoa sã que necessita de uma actividade física que se adapte às suas características especiais durante o período de gestação. Quando a prática de actividade física já é uma regularidade antes deste período de gestação, há mais vantagens, do que para as mulheres que só iniciam a prática neste período O exercício físico desenvolvido durante a gestação, deve apresentar algumas características entre as quais:

- a intensidade da actividade física deve ser regular e moderada, exercitando-se três a quatro vezes por semana 20 a 30 minutos;

- evitar actividades que cheguem a uma frequência cardíaca acima dos 140 bpm;

- deve-se elaborar um programa direccionado para o período gestacional em que se encontra a mulher grávida, oferecendo actividades centradas nas condições de saúde da gestante evitando a posição dorsal após o 1º trimestre (diminuição debito cardíaco), e praticar exercícios físicos de interesse e necessidade da mesma.

Os objectivos do exercício físico durante a gravidez são o melhoramento geral ou manutenção da forma física e o aumento da energia e da tonificação muscular que a ajudarão durante o parto. Com o exercício físico a circulação sanguínea aumenta levando a aliviar a tensão. O parto torna-se mais fácil e mais confortável se a mulher tiver um bom tónus muscular.

Os benefícios da prática de Exercício Físico
O exercício físico ajuda a futura mamã a melhorar a sua energia, agilidade, força e ajudá-la-ão a enfrentar o esforço extra imposto ao seu organismo pelas exigências da gravidez e do parto. O exercício físico na gravidez desde que dirigido correctamente pode oferecer à gestante os seguintes benefícios:

- Um menor ganho de peso e adiposidade materna; uma diminuição do risco de diabetes;

- a melhoria da capacidade aeróbia e da resistência muscular;

- o menor risco de parto prematuro e de complicações obstétricas;

- a melhoria das condições para o trabalho de parto;

- a diminuição da sensação de isolamento social, da ansiedade e do stress, aumentando a sensação de bem-estar, da auto-estima e da auto-confiança;

- a facilitação da recuperação pós-parto.


Actividade física recomendada durante a gestação

As actividades e exercícios mais indicados para as gestantes são:

• Alongamentos: Ajuda a manter a musculatura relaxada e o controle de respiração;

• Caminhadas: É uma actividade indicada sendo ideal caminhar três vezes por semana, cerca de 30 minutos. Melhora a capacidade cardio-respiratória;

• Hidroginástica: É a actividade a mais indicada para as gestantes, pois favorece o relaxamento corporal, reduz a dores nas pernas e o inchaço dos pés e mãos. A Hidroginástica para a gestante atende não só à manutenção do trabalho corporal da grávida, como também visa as que não tem o hábito de se exercitar, presenteando conforto e segurança ao seu corpo;

• Natação: É uma actividade que tonifica a maioria dos músculos e é excelente para melhorar o vigor. Como o peso é suportado pela água, não é provável que prejudique os músculos ou articulações;

• Ioga e Pilates: É a actividade ideal para melhorar a tonificação muscular; aumenta a agilidade, reduz a tensão e ensina a controlar a respiração durante o parto;

• Ginástica: A gestante pode fazer ginástica durante o decorrer da gestação (excepto nas primeiras doze semanas)

• Dança: Desde que não seja demasiada enérgica, pode dançar as vezes que desejar durante a gravidez.

Assim, sempre que fizer exercício físico com moderação, o seu bebé receberá um aumento de oxigénio através do sangue que lhe vai proporcionar a aceleração do metabolismo dando-lhe um forte estímulo. Deste modo a prática de exercícios físicos, prescritos adequadamente, são fundamentais para a futura mamã, uma vez que só trazem benefícios e melhoram a sua qualidade de vida.

Por tudo isto….grávidas em movimento!

fonte: mulher sapo

Sem comentários:

Enviar um comentário