As meias ideais! Quer seja para usar no trabalho ou em momentos festivos especiais, a escolha das meias nem sempre é uma tarefa fácil.


Entre cores, texturas e formatos, muitos são os pormenores a ter em conta. Siga as sugestões de uma especialista em imagem e os conselhos de um cirurgião vascular e fique a saber o que mais a favorece em cada situação: COLLANTS

Os modelos mais recomendados

«Os collants opacos (50 a 70 deniers) e semi-opacos (40 deniers) têm vindo a ganhar destaque», diz Alexandra Simões de Carvalho, personal stylist. As cores podem ser neutras (preto, castanho- chocolate e cinza) ou vivas (violeta, roxo, azul forte, verde floresta, cerise e amarelo ocre).

Materiais a escolher

Poderá optar entre a malha de lã ou algodão e a microfibra (opacos e semi-opacos), e a malha de mousse ou a lycra (transparentes). Quanto a texturas, os modelos lisos ganham vantagem face aos padrões, todos eles de estilo urbano e inspiração british.

O look certo

«Os collants transparentes com marcação atrás são um clássico que continua em alta, num registo elegante e sofisticado», salienta. Para um estilo informal, «os collants opacos e semi-opacos em malha de microfibra ganham vantagem, nas cores neutras e discretas. As texturas lanosas e de algodão, assim como as leggings, devem ser reservadas para contextos informais e de lazer», diz.

MEIAS PELA COXA
Os modelos mais recomendados

As meias pela coxa podem ser de liga, com banda aderente ou subidas sem banda aderente (estas últimas tendem a deslizar pela perna). As meias de liga devem ser usadas estritamente com saias e vestidos de tecidos estruturados.

As meias com banda aderente podem ser combinadas com saias e vestidos de tecidos mais finos, uma vez que ficam invisíveis sob os mesmos. As cores variam entre o tom de pele, o cinzento, o azul-escuro ou o preto.

Materiais a escolher

Para a especialista, «os materiais vão depender da densidade das meias, sendo o mais comum, pela resistência e efeito, a lycra». Existem nas versões opacas ou transparentes com efeitos que vão desde o canelado, ao espinhado, passando pelo rendado.

O look certo

«Quanto mais formal for o contexto, mais finas e discretas deverão ser as meias», sublinha. Opte por meias lisas ou com marcação na perna, em contextos formais, e por versões semi-opacas, em situações profissionais.



MEIAS PELO JOELHO Os modelos mais recomendados

As meias pelo joelho são um clássico que se mantém a cada estação, variando apenas nas versões apresentadas. Alexandra Simões de Carvalho aconselha a, «no caso de pretender ganhar altura de perna, coordenar a cor destas meias com a da calça e dos sapatos».

Materiais a escolher

Poderá optar entre as versões lisas (opacas ou transparentes), que deverão ser usadas com calças, um básico em qualquer guarda-roupa. Se preferir algo mais ousado, escolha meias com padrões marcantes (losangos, xadrez, tartan, riscas e florais) ou texturas (rendado ou canelado).

O look certo

«Em ocasiões formais, use modelos mais finos e transparentes, no entanto, se preferir um look profissional moderno e sofisticado, prefira versões com texturas, em especial as rendadas», refere a personal stylist. Os padrões, em especial as riscas, xadrez e tartan, são ideais para contextos informais.
CUIDADOS ESPECIAIS

Para além do estilo, na hora de escolher umas meias deve ter em conta dois aspectos. O seu tipo de perna e eventuais problemas existentes, como pernas cansadas e varizes.
Segundo Paulo Correia, cirurgião vascular, «é necessário que as mulheres que sofram de cansaço extremo tenham algumas precauções, como o uso de meias de descanso com compressão 70 deniers (como medida profilática) ou 140 deniers (para pernas cansadas ou pesadas, varizes simples, varizes de gravidez ou pós-parto, profilaxia das tromboses venosas)».

Este tipo de meias, fabricado com um elástico em espiral com vista a aliviar a carga na zona das pernas, deverá ser adquirido em lojas de ortopedia especializadas. Quanto à estética, não se preocupe… há meias terapêuticas de todos os materiais, cores, brilhos e até com aplicações de cristais.

fonte. sapo mulher

Sem comentários:

Enviar um comentário