Animais de estimação

São amistosos e ajudam a aliviar o stress e a lidar melhor com os problemas do dia-a-dia! Os animais de estimação são, para os seus donos, fonte de companhia, bem –estar,  alegria e orgulho.
Por isso, não é de estranhar que quatro em cada dez portugueses tenham, pelo menos, um sendo que os cães representam 30 por cento das preferências. Os gatos surgem logo a seguir e estão presentes em 19 por cento dos lares.
Para além de fazerem as delícias dos seus donos e das suas famílias, vários estudos demonstram que os animais de estimação atenuam o stress, ajudam crianças e idosos a comunicar melhor e a estabelecer relacionamentos sociais ganhando auto-estima e facilitam a vida a quem possa ter limitações, fisicas, socias e emocionais. A terapia parece começar com o simples acto de acariciar um animal que, comprovadamente, ajuda a relaxar e a baixar a pressão sanguínea!
Terapias à parte, os portugueses sabem o querem. Os cães de médio porte como o Labrador Retriever, o Pastor Alemão ou o Boxer, estão entre os preferidos dos portugueses. Mas os cães pequenos têm, também o seu lugar e, neste caso, o Yorkshire Terrier é o favorito. No caso dos gatos, o destaque vai para o Persa, um exemplo de felino delicado, no porte e postura!
É importante proporcionar ao seu cão e ao seu gato todos os cuidados básicos e essenciais para uma boa qualidade de vida, nomeadamente a vacinação, a  desparasitação, idas regulares ao médico veterinário, e cuidados de higiene. Contudo,  não deve descurar a alimentação, já que dela dependem a saúde e o crescimento saudável do seu animal de estimação. Assim, lembre-se que o ideal é adequar o alimento às necessidades energéticas do cão ou gato, que variam de acordo com a sua raça, tamanho, idade, peso, nível de actividade, características genéticas ou ambientais. Conheça-os um pouco melhor e descubra por que são tão especiais!
Fonte:mulherportuguesa

Sem comentários:

Enviar um comentário